Saiba a situação de cada concurso da segurança pública prometido pelo governo de Santa Catarina - Segurança - O Sol Diário

Segurança13/06/2017 | 16h04Atualizada em 13/06/2017 | 16h30

Saiba a situação de cada concurso da segurança pública prometido pelo governo de Santa Catarina

Corporações garantem que provas devem ser feitas ainda em 2017

Saiba a situação de cada concurso da segurança pública prometido pelo governo de Santa Catarina Salmo Duarte/Agencia RBS
PM tem curso de soldados em andamento Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

Prometidos pelo governador Raimundo Colombo no final de abril deste ano, os concursos para a contratação de novos agentes do Corpo de Bombeiros, Instituto Geral de Perícias (IGP), Polícia Civil e Polícia Militar ainda enfrentam trâmites burocráticos antes de serem efetivamente lançados. Nenhum deles ainda tem a empresa responsável pelo processo seletivo definido, mas todos estão programados para ocorrer ainda em 2017.

As contratações devem ser feitas apenas em 2018. Apenas o Corpo de Bombeiros já delimitou uma data para a chamadas dos novos soldados. Ao todo, serão 815 vagas em quatro concursos. Veja abaixo a situação de cada e os detalhes sobre as funções que vão ser disponibilizadas nos processos seletivos:

Corpo de Bombeiros

Com 2.460 servidores diante de uma necessidade de 3.805, o Corpo de Bombeiros fará concurso público ainda em 2017 para contratar inicialmente 300 novos soldados. O comandante-geral da corporação, coronel Onir Mocellin, diz que no dia 22 de junho será aberta a licitação para contratar a empresa que fará o concurso. Ele espera no dia 1º de agosto lançar o concurso. Serão selecionados 1,2 mil candidatos, sendo que 900 deles serão aprovados para futuras seleções. O prazo do processo seletivo será de um ano, prorrogável por mais. Mocellin espera fazer a prova até o fim de 2017 para no dia 15 de fevereiro de 2018 fazer a comprovação dos aprovados. Para participar do concurso os interessados precisam ter curso superior, sendo válidos licenciaturas e tecnólogos. O salário inicial de soldado é de R$ 4.485,00.

Instituto Geral de Perícias

O diretor do Instituto Geral de Perícias (IGP), Miguel Acir Colzani, diz que o órgão está fazendo a especificação técnica para contratação da empresa que fará o concurso público para 51 vagas. Até o final deste mês essa etapa será vencida. Com a escolha da promotora do concurso definida em dois meses, a expectativa de Colzani é fazer o processo seletivo em novembro, com homologação no mesmo mês. O diretor diz que o instituto vai contratar 29 peritos criminais, 14 médicos-legistas, cinco peritos criminais bioquímicos, dois papilocopistas e um perito criminal bioquímico. Os salários variam de R$ 5,5 mil a 16 mil. As formações para cada função ainda não estão decididas. Colzani explica que isso será definido na confecção do edital diante da necessidade do IGP. Em abril, o governador também anunciou a nomeação de 61 peritos auxiliares remanescentes do concurso de 2015.

Polícia Civil

A Polícia Civil prepara a licitação que vai contratar a empresa responsável pelo concurso a ser feito ainda em 2017 para nomear 200 agentes e 194 escrivães. Segundo o diretor da Academia da Polícia Civil de SC (Acadepol), delegado Akira Sato, empresas foram consultadas para a definição dos valores a serem pagos para a vencedora do edital. Nessa mesma consulta os interessados devem apontar um prazo para fazer o processo seletivo. Sato não quis estabelecer datas, mas diz que o planejamento é fazer a prova neste ano para contratação em 2018. O salário inicial do agente é de R$ 4.845,00, enquanto do escrivão é de R$ 6.605,00. Atualmente, estão em formação na Acadepol 10 agentes de polícia, remanescentes do concurso de 2014. No próximo dia 22 de junho, começam o curso 45 delegados e 239 agentes do mesmo processo seletivo. A previsão de conclusão é novembro deste ano. Serão 26 semanas de atividades na academia, em Florianópolis.

Polícia Militar

Para a Polícia Militar, está previsto em 2017 somente um concurso para oficiais. Podem participar do processo seletivo pessoas formadas em direito. Segundo o comandante-geral da PM, coronel Paulo Henrique Hemm, o concurso vai ocorrer no segundo semestre deste ano, mas não há data exata definida. A proposta da PM é contratar 70 novos oficiais. O salário inicial da função é de R$ 4,8 mil. Depois que o oficial passa pelo estágio probatório, a remuneração sobe para R$ 15,2 mil. Para soldado, onde é necessária formação em qualquer curso superior, não há previsão de novos concursos. Atualmente, 950 alunos soldados estão em formação em diferentes cidades do Estado. O curso será concluído em dezembro deste ano.

Leia mais:
Queda de barreira na BR-282 dificulta acesso à cidade da Serra

 

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioGuilherme Lazaroni vê Figueirense diferente e destaca experiência de Milton Cruz https://t.co/3kOMNnEKVGhá 1 horaRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioLuanzinho se espelha em experientes do Avaí para brilhar com a camisa azurra https://t.co/vIDIr35HkGhá 3 horas Retweet

Veja também

O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros