Polícia Federal cumpre mandado contra pedofilia em Blumenau  - Segurança - O Sol Diário

Glasnost25/07/2017 | 11h11Atualizada em 25/07/2017 | 11h11

Polícia Federal cumpre mandado contra pedofilia em Blumenau 

Um computador foi apreendido na residência de um suspeito de possuir pornografia infantil 

Jornal de Santa Catarina
Jornal de Santa Catarina

A Polícia Federal, através da delegacia de Itajaí, cumpriu um mandado de busca e apreensão contra um homem em Blumenau nesta terça-feira. A ação faz parte da segunda fase da Operação Glasnost, que combate a exploração sexual de crianças e o compartilhamento de pornografia infantil na internet.

Segundo informações do delegado Thiago Giavarotti, a PF foi até a casa do suspeito e apreendeu um computador, que vai passar por perícia:

— Ele não foi preso em flagrante porque no momento da atuação ele não estava fazendo uso ou compartilhando o material.

Ainda segundo o delegado, o homem alvo da ação em Blumenau já foi preso e condenado pelo crime de posse e armazenamento de pornografia envolvendo criança ou adolescente.

::: Leia mais: Polícia Federal deflagra operação contra pornografia infantil em Santa Catarina

A segunda fase da Operação Glasnost foi deflagrada na madrugada desta terça-feira. Cerca de 350 policiais participam da ação em Santa Catarina e em outras 13 unidades da federação. No Estado, são cumpridos seis mandados de busca e apreensão, sendo dois em Joinville, além de Blumenau, Capivari de Baixo, Biguaçu e Palhoça.

A operação investiga um site russo que era utilizado como "ponto de encontro" de pedófilos de todo o mundo. Segundo a polícia, foram identificados produtores de pornografia de menores, abusadores sexuais e usuários que armazenavam e compartilhavam fotos e vídeos de crianças, adolescentes e bebês com poucos meses de vidas. Segundo a PF, algumas das imagens eram de menores sendo abusados sexualmente por adultos.

Em SC, documentos e computadores apreendidos nas residências investigadas devem ser encaminhados para Curitiba (PR) - local em que a operação é coordenada. Segundo o delegado federal Luiz Carlos Korff Rosa Filho, em Palhoça, na Grande Florianópolis, e em Joinville, no Norte, policiais foram residências e apreenderam computadores e peças de outros dispositivos eletrônicos.

O Sol Diário
Busca
clicRBS
Nova busca - outros