Guardas municipais protestam contra PM por prisão de colega em Balneário Camboriú - Segurança - O Sol Diário

Segurança15/08/2017 | 20h13Atualizada em 15/08/2017 | 20h13

Guardas municipais protestam contra PM por prisão de colega em Balneário Camboriú

Guarda foi preso por porte ilegal de arma quando carregava pistola fora do horário de serviço

Foto: Divulgação / Divulgação

A prisão de um guarda municipal por porte ilegal de arma em Balneário Camboriú, pela Polícia Militar, trouxe um novo capítulo à já conturbada relação entre instituições de segurança pública na cidade. Inconformados com a prisão do colega, um grupo de guardas — entre eles, alguns que estavam de uniforme, indicando estarem de serviço — se reuniram no lado de fora da Central de Plantão Policial (CPP) para se manifestarem contra a ação da PM.

A confusão toda ocorreu porque o guarda estava usando a arma dentro de um supermercado, fora do horário de serviço. A arma era dele e estava registrada, mas ele não tinha autorização para o porte, que é um documento diferente.

Audiência 

O prefeito Fabrício Oliveira (PSB) pediu uma audiência com o governador Raimundo Colombo (PSD) para tratar sobre o episódio. Em uma nota em que ressalta a importância da Guarda Municipal, o prefeito afirma ainda que "a situação de insegurança no Estado e no país é de tamanha gravidade que não justifica disputas de mérito". 

A Polícia Militar informou que o caso será levado ao Ministério Público.

Siga O Sol Diário no Twitter

  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioJunior Dutra é dúvida do Avaí para jogo contra o Atlético-PR, na Ressacada https://t.co/xTQnSAcZelhá 40 minutosRetweet
  • osoldiario

    osoldiario

    O Sol DiárioCatarinenses conhecem adversários na Copa São Paulo de futebol júnior de 2018 https://t.co/vCWXWrnVANhá 2 horas Retweet

Veja também

O Sol Diário
Busca